Economia

Dólar abre em alta com exterior e petróleo, mas passa a cair com Campos Neto

Da Redação ·

O dólar começou o dia em alta frente o real em ambiente de cautela no exterior e queda forte do petróleo, após a moeda americana recuar na sexta-feira (8) com o avanço do IPCA de março ao maior patamar para o mês do Plano Real. Mas o sinal já se inverteu e o dólar à vista passou a cair de olho em sinais do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, em evento do Traders Club e Arko Advice.

continua após publicidade

Campos Neto disse na manhã desta segunda-feira, 11, que tem havido surpresas inflacionárias em diversos países e que "estamos analisando a surpresa no IPCA e ver se muda algo na tendência". O presidente do BC argumentou que a inflação de núcleos no Brasil está na média de outros países emergentes e voltou a dizer que a tendência é muito alta em todo o mundo.

"Essa semana tivemos divulgação de índices inflacionários altos, com surpresa grande no Chile, Colômbia, Europa e China. Muitas inflações que rodavam 0,10% ou 0,15% por mês estão rodando perto de 1,0% em vários países. Nos Estados Unidos, a inflação tem subido bastante e ainda há alta encomendada em imóveis e aluguéis", repetiu, na videoconferência.

continua após publicidade

Até agora o BC vem sinalizando que seu plano de voo é parar com o aperto monetário em maio, após uma alta de 100 pontos-base da Selic, para 12,75% ao ano. Na sexta-feira, os juros futuros fecharam em alta, pressionados também pelo IPCA e em meio a revisões para cima para a inflação de 2022 e 2023.

Mais cedo, o Banco Safra aumentou também a sua projeção de Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2022, de 5,8% para 6,8%, na esteira da surpresa com a inflação de 1,62% em março, acima do teto da pesquisa Projeções Broadcast (1,44%). Para os economistas do banco, os dados do primeiro trimestre sugerem um resultado "bem acima" do teto da meta no ano.

"A recente apreciação do câmbio apenas ameniza a elevação no preço das commodities e as consequências da continuidade de problemas nas cadeias de produção de bens. Os bens industriais também devem ser afetados pelo impacto das medidas de restrição à mobilidade na China sobre as exportações do país, assim como pela inércia inflacionária, com a persistência de transmitir os aumentos dos preços do atacado para o varejo", diz o relatório do Safra.

continua após publicidade

Nos EUA, Elon Musk, o bilionário fundador da Tesla, desistiu de integrar o conselho de administração do Twitter, segundo informou o presidente executivo da rede social, Parag Agrawal. Às 9h04 (de Brasília), a ação do Twitter caía 2,86% nos negócios do pré-mercado em Nova York.

Às 9h51 desta segunda, o dólar à vista tinha baixa de 0,10%, a R$ 4,7044. O dólar para maio ganhava 0,05%, a R$ 4,7260.