Economia

Disparada do IPCA impulsiona taxas futuras de juros

Da Redação ·

Os juros futuros sobem na manhã desta sexta-feira, 8, pressionados pela disparada de 1,62% da inflação medida pelo IPCA de março, superando o teto das estimativas (+1,44%). O resultado acumulado em 12 meses foi de 11,30%, também acima do teto das estimativas, que era de 11,11%. A alta dos juros dos Treasuries, por sua vez, ajuda na pressão na ponta longa da curva.

continua após publicidade

Às 10h16 desta sexta-feira, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2023 subia a 12,880%, de 12,756% no ajuste de quinta. O DI para janeiro de 2024 ia para 12,36%, de 12,15%, e o para janeiro de 2025 subia para 12,70%, de 12,53% no ajuste anterior. O DI para janeiro de 2027 avançava para 11,41%, de 11,30%.