Economia

Dirigentes do Fed avaliam que redução do balanço poderia começar após maio

Da Redação ·

Os dirigentes do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) concordaram que seria apropriado iniciar o processo de redução do balanço patrimonial após a próxima reunião de política monetária, em maio. De acordo com a ata da reunião realizada em março e divulgada nesta quarta-feira, 6, todos os dirigentes concordaram com um ritmo mais rápido de declínio nas posses de títulos do que no período 2017-19.

continua após publicidade

"Os dirigentes concordaram que os limites mensais de cerca de US$ 60 bilhões para títulos do Tesouro e cerca de US$ 35 bilhões para os MBS provavelmente seriam apropriados. Os dirigentes também concordaram em geral que os limites poderiam ser implementados em um período de três meses ou um pouco mais, se as condições de mercado assim o justificarem", diz o texto.

A ata ressalta que nenhuma decisão sobre o plano de reduzir o balanço foi tomada na última reunião, apesar de os participantes concordarem que haviam feito "progressos substanciais" e que o Comitê estava bem posicionado para iniciar o processo de redução do tamanho do balanço.