Economia

Dirigente do Fed vê mercado de trabalho 'muito forte' nos EUA em 12 meses ou mais

Da Redação ·

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) de Nova York, John Williams, afirmou nesta segunda-feira, 27, que não deve haver um grande salto na oferta de trabalho em setembro ou outubro nos Estados Unidos. De qualquer modo, o dirigente disse que continua a esperar que o mercado de trabalho fique "muito forte" em cerca de "doze meses ou mais" no futuro nos Estados Unidos.

continua após publicidade

Williams tratou do assunto durante evento virtual do Clube Econômico de Nova York. Em sua fala, ele também notou que alguns gargalos na cadeia de produção têm durado mais do que o antecipado.

Também alertou para a importância da questão do teto da dívida dos EUA, atualmente em discussão no Congresso.

continua após publicidade

Ele considerou que é "crucial" resolver isso logo e ressaltou que o Fed não tem como desfazer os eventuais estragos causados por um impasse sobre o tema.