Economia

Dirigente do Fed de Kansas City não se compromete com alta forte nos juros

Da Redação ·

A presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) de Kansas City, Esther George, não se comprometeu em apoiar uma alta de 50 pontos-base nos juros básicos na próxima decisão monetária, em maio. Em entrevista à Bloomberg, nesta terça-feira, 5, a dirigente pontuou que um aumento nesse nível "é uma opção que consideraremos entre outras coisas".

continua após publicidade

Com poder de voto nas decisões monetárias deste ano, Esther George frisou que o Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) deve agir de modo "bastante intencional e deliberado".

Em sua visão, é possível que a acomodação monetária se dê em um ritmo mais rápido que no ciclo anterior.

continua após publicidade

Esther George afirmou ainda projetar que o Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos irá desacelerar com menor suporte fiscal.