Economia

Despesas com custeio da máquina fecham 2021 em 0,53% do PIB, diz Tesouro

Da Redação ·

As despesas com o custeio da máquina pública federal alcançaram 0,53% do Produto Interno Bruto (PIB) no fim de 2021. É o que mostra detalhamento que passa a ser divulgado a partir deste mês pelo Tesouro Nacional.

continua após publicidade

De acordo com o órgão, esses gastos alcançaram o máximo em 2016, quando chegaram a 0,79% do PIB. "Na ótica da função de governo, as áreas de Saúde, Defesa Nacional e Educação respondem por 49% das despesas de custeio administrativo", informou o Tesouro Nacional, em sumário executivo que acompanha a divulgação do Boletim do Resultado do Tesouro Nacional.

O texto também comentou o resultado primário recorde registrado em janeiro, atribuído ao forte aumento real da receita líquida de 18,2%.

continua após publicidade

As despesas também cresceram, 2,2%, principalmente por conta do pagamento de benefícios do Auxílio Brasil em janeiro de R$ 7,2 bilhões, ante R$ 3 bilhões do antigo Bolsa Família no mesmo mês do ano passado.