Economia

Curva de juros tem alívio com Treasuries e petróleo em meio a temores com EUA

Luciana Xavier (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

A queda dos juros dos Treasuries e de mais de 5% do petróleo na manhã desta quarta-feira, 22, além do pouco fôlego do dólar ante o real, trazem algum alívio à curva de juros nesta manhã, especialmente nos médios e longos, enquanto os curtos rondam a estabilidade.

continua após publicidade

Os juros dos Treasuries recuam diante do temor de uma recessão nos Estados Unidos diante do processo de aperto monetário.

Já o petróleo reage também à notícia de que o presidente dos EUA, Joe Biden, peça ao Congresso americano nesta quarta-feira que os impostos federais sobre a gasolina e o diesel sejam suspensos por três meses, em meio à escalada inflacionária.

continua após publicidade

Às 9h42, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) recuava 12,35%, de 12,39% no ajuste anterior. O DI para janeiro de 2025 recuava para 12,40%, de 12,46%, enquanto o vencimento para janeiro de 2024 caía para 13,14%, 13,19% no ajuste de ontem. O DI para janeiro de 2023 estava em 13,550%, de 13,568%. O dólar à vista cedia 0,06%, a R$ 5,1504.