Economia

Correção: Bolsas da Ásia fecham majoritariamente em alta, após dia misto de NY

Da Redação ·

A nota publicada anteriormente continha uma incorreção no segundo parágrafo. O feriado de uma semana na China se estenderá até quinta-feira (7), e não quarta-feira (6). Segue versão corrigida:

continua após publicidade

As bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam majoritariamente em alta nesta quinta-feira, 30, após o desempenho misto de Wall Street ontem e da publicação de números divergentes sobre a atividade manufatureira chinesa.

Na China continental, os mercados asseguraram ganhos antes de um feriado nacional de uma semana, que terá início nesta sexta-feira (dia 1º) e se estenderá até quinta-feira (7). O Xangai Composto subiu 0,90%, a 3.568,17 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 2,04%, a 2.395,05 pontos.

continua após publicidade

O índice de gerentes de compras (PMI) oficial do setor industrial chinês caiu de 50,1 em agosto para 49,6 em setembro, com a leitura abaixo de 50 sugerindo contração da manufatura. Por outro lado, o PMI industrial chinês medido pela IHS Markit/Caixin Media subiu de 49,2 para 50 no mesmo período, indicando que a atividade manufatureira se estabilizou. As pesquisas oficial e privada usam amostragens diferentes.

Também ficaram no azul hoje o sul-coreano Kospi, com alta de 0,28% em Seul, a 3.068,82 pontos, e o Taiex, que se valorizou 0,47% em Taiwan, a 16.934,77 pontos.

Já o Nikkei caiu 0,31% em Tóquio, a 29.452,66 pontos, com investidores atentos a desdobramentos políticos após Fumio Kishida ter sido eleito ontem novo líder do Partido Liberal Democrático do Japão, o que na prática o levará a assumir como próximo primeiro-ministro do país.

continua após publicidade

Em Hong Kong, o Hang Seng recuou 0,36%, a 24.575,64 pontos, à medida que a ação da Evergrande sofreu uma queda de 3,91%, após relatos de que a endividada gigante do setor imobiliário chinês deixou de pagar juros sobre outra emissão externa de bônus. Amanhã, a bolsa local não vai operar em razão de um feriado.

Na quarta-feira as bolsas de Nova York fecharam sem direção única, com novas perdas do Nasdaq, enquanto investidores em Wall Street digerem a perspectiva de o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) começar a retirar estímulos monetários antes do fim do ano.

Na Oceania, a bolsa australiana teve hoje seu melhor desempenho diário em dez meses, com ganhos em todos os setores. O S&P/ASX 200 avançou 1,88% em Sydney, a 7.332,20 pontos.