Economia

Conselho da Petrobras aprova pagamento de dividendos de R$ 3,71 por ação ON e PN

Da Redação ·

O conselho de administração da Petrobras aprovou hoje a distribuição de dividendos no valor de R$ 3,71 por ação preferencial e ordinária em circulação. Os dividendos serão pagos em duas parcelas iguais nos meses de junho e julho. Será considerada a posição acionária do dia 23 de maio para papeis negociados na B3 e 25 de maio para as ADRs. As ações serão negociadas ex-direitos na B3 e na NYSE a partir de 24 de maio de 2022.

continua após publicidade

Segundo a companhia, o benefício está alinhado à política de remuneração aos acionistas, que prevê que, em caso de endividamento bruto inferior a US$ 65 bilhões, a Petrobras poderá distribuir aos seus acionistas 60% da diferença entre o fluxo de caixa operacional e as aquisições de ativos imobilizados e intangíveis (investimentos). Além disso, a política também prevê a possibilidade de pagamento de dividendos extraordinários, desde que a sustentabilidade financeira da companhia seja preservada.

"A aprovação do dividendo proposto é compatível com a sustentabilidade financeira da companhia e está alinhada ao compromisso de geração de valor para a sociedade e para os acionistas, assim como às melhores práticas da indústria mundial de petróleo e gás natural", diz a empresa.

continua após publicidade

Do valor aprovado, R$ 3,138754 por ação se refere a antecipação da remuneração aos acionistas relativa ao exercício de 2022 e será declarado com base no balanço de 31 de março de 2022 (dividendos intercalares); e R$ 0,576736 por ação será pago à conta de reservas de retenção de lucros constantes no balanço do exercício social de 2021 (dividendos intermediários).

Os dividendos serão pagos em duas parcelas iguais da seguinte forma: valor a ser pago: R$ 3,715490 por ação preferencial e ordinária em circulação, sendo que a primeira parcela, no valor de R$ 1,857745 por ação preferencial e ordinária em circulação, será paga em 20 de junho de 2022.

A segunda parcela, no valor de R$ 1,857745 por ação preferencial e ordinária, será paga em 20 de julho de 2022. A data de corte será dia 23 de maio de 2022 para os detentores de ações de emissão da Petrobras negociadas na B3 e o record date será dia 25 de maio de 2022 para os detentores de ADRs negociadas na New York Stock Exchange (NYSE).

continua após publicidade

Para os detentores de ações de emissão da Petrobras negociadas na B3 o pagamento da primeira parcela será realizado no dia 20 de junho de 2022 e o da segunda parcela no dia 20 de julho de 2022. Os detentores de ADRs receberão os pagamentos a partir de 27 de junho de 2022 e 27 de julho de 2022, respectivamente.

A primeira parcela de pagamento será realizada da seguinte forma: dividendos, de R$ 1,427568 por ação preferencial e ordinária em circulação; e juros sobre capital próprio de R$ 0,430177 por ação preferencial e ordinária em circulação. Já a segunda parcela será integralmente paga sob a forma de dividendos.