Economia

Conflito na Ucrânia aumenta preocupação sobre mercado de petróleo, diz AIE

Da Redação ·

O diretor executivo da Agência Internacional de Energia (AIE), Fatih Birol, afirmou em comunicado que realizou uma reunião nesta sexta-feira com representantes dos 31 membros da entidade, a fim de "compartilhar perspectivas sobre a invasão da Ucrânia pela Rússia" e discutir seus impactos nos mercados globais de energia. Além de expressar "grande preocupação" com a destruição e a perda de vidas, ele disse que a invasão russa "tem aumentado preocupações entre os participantes do mercado de petróleo, em um cenário de mercados globais já apertados e volatilidade aumentada do preço".

continua após publicidade

Birol disse que foram discutidas opções que a AIE poderia tomar nos próximos dias e semanas. Também foi tratada da situação nos mercados de gás natural e sobre como qualquer problema na oferta russa por meio da Ucrânia elevaria a pressão sobre a Europa, com efeitos para o restante do mundo.

Diante dos impactos iniciais sobre os mercados e dos riscos de que possa haver uma escalada neles, a AIE discutiu a possibilidade de uma reunião extraordinária de seu conselho no nível ministerial, e concordou em continuar a monitorar de perto a situação, além de continuar a agir "em solidariedade para garantir a segurança da energia global".