CNI diz não concordar com imposto digital, que seria como 'CPMF revestida' - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Economia

CNI diz não concordar com imposto digital, que seria como 'CPMF revestida'

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson de Andrade, disse ser contra a criação de um imposto sobre transação digital, como defende o Ministério da Economia. "Não concordamos com imposto digital, nossa posição é que isso seria CPMF revestida, com outro nome. Somos a favor da tributação sobre algumas atividades hoje exercidas em meio digital e que hoje não contribui, como sites e sistemas que estão fora do Brasil e não contribuem", afirmou.

Andrade falou em evento virtual organizado pela CNI. Estava prevista a participação do Ministro da Economia, Paulo Guedes, mas ele cancelou a presença - o motivo ainda não foi esclarecido pela assessoria do ministro.

Participou, no lugar de Guedes, o secretário de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos da Costa.

No evento, Andrade defendeu a urgência da reforma tributária e a simplificação de impostos. "Apoiamos reforma ampla, geral, que contemple todos os tributos, inclusive estaduais e municipais", completou.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "CNI diz não concordar com imposto digital, que seria como 'CPMF revestida'"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.