Mais lidas

    Economia

    Economia

    CNC: falta de vacina e de auxílio faz confiança do comércio cair 1,5% em março

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 22.03.2021, 11:18:00 Editado em 22.03.2021, 11:23:14
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Os comerciantes brasileiros voltaram a ficar menos otimistas em março, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) recuou 1,5% em relação a fevereiro, o quarto mês consecutivo de perdas, para 103,6 pontos.

    O indicador manteve-se na zona superior a 100 pontos, o que reflete relativa satisfação, mas registrou uma queda de 19,3% em relação ao patamar de março de 2020.

    Segundo a CNC, o movimento reflete as dificuldades motivadas pela demora na imunização da população contra a covid-19, além da ausência do pagamento do auxílio emergencial e das dificuldades na recuperação da atividade econômica.

    Na passagem de fevereiro para março, todos os três componentes do Icec recuaram. As avaliações sobre as condições atuais caíram 4,1%, para 77,2 pontos, enquanto as expectativas diminuíram 0,4%, para 142,2 pontos. Já o componente de intenções de investimentos encolheu 0,9%, para 91,5 pontos.

    "Além das dificuldades provocadas pela pandemia com relação ao mercado, há outros fatores que impactam o negócio do comerciante, como a pressão de custos sobre os preços finais, dólar alto e reajustes nos contratos de aluguel. Com as medidas restritivas e a baixa imunização, parece que estamos ainda em 2020. No curto prazo, o índice tende a se comportar de forma dependente de fatores como esses, oscilando em reação com o humor do consumidor", acrescentou Antonio Everton, economista da CNC responsável pelo estudo, em nota oficial.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "CNC: falta de vacina e de auxílio faz confiança do comércio cair 1,5% em março"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.