Economia

China: Yango Group deixa de pagar US$ 27,3 milhões em juros de dívida vencidos

Da Redação ·

A incorporadora imobiliária chinesa Yango Group deixou de pagar os juros vencidos de dois títulos em dólar, meses depois de ter obtido de investidores um adiamento para o pagamento da dívida. O caso é o mais recente golpe ao setor e ao mercado de títulos offshore no país.

continua após publicidade

O grupo imobiliário com sede em Fujian informou que um período de carência de 30 dias para pagar os juros dos papéis, que foram emitidos por sua unidade Yango Justice International, terminou no início desta semana. Os juros devidos totalizaram US$ 27,3 milhões.

Por causa de fatores "incluindo o ambiente macroeconômico, os regulamentos do setor imobiliário e financeiro e a pandemia de covid-19, a incorporada está enfrentando um problema temporário de fluxo de caixa", alegou o Yango Group, em um comunicado ontem.

continua após publicidade

A velocidade com que a empresa teve problemas novamente mostra que as negociações de títulos - uma ferramenta popular para incorporadas que buscam evitar o default e uma reestruturação mais ampla da dívida - não serão necessariamente suficientes para apoiar as companhias em meio a uma brutal crise de liquidez na indústria.

Alguns dos maiores atores do setor e grandes tomadores de empréstimos internacionais, como China Evergrande Group e Kaisa Group Holdings, já foram declarados em default por agências internacionais, com dívidas que coletivamente atingem dezenas de bilhões de dólares. Fonte: Dow Jones Newswires.