MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

China diz que limitações dos EUA à indústria de semicondutores chinesa é bullying econômico

As limitações impostas pelos Estados Unidos à indústria de semicondutores da China é "bullying econômico", disse a porta-voz do Ministério de Relações Exteriores chinês, Mao Ning. A representante de Pequim falou que o comportamento dos Estados Unidos prej

Maria Lígia Barros (via Agência Estado)

·
Escrito por Maria Lígia Barros (via Agência Estado)
Publicado em 08.01.2024, 13:48:00 Editado em 08.01.2024, 13:56:18
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

As limitações impostas pelos Estados Unidos à indústria de semicondutores da China é "bullying econômico", disse a porta-voz do Ministério de Relações Exteriores chinês, Mao Ning. A representante de Pequim falou que o comportamento dos Estados Unidos prejudica gravemente a estabilidade das cadeias industriais e de abastecimento globais.

continua após publicidade

"Os EUA não estão perseguindo a indústria chinesa de chips por razões de segurança nacional ou como parte de uma competição legítima", defendeu Ning em coletiva de imprensa hoje, citando as proibições pelos EUA da exportação de chips para a China e de importações de produtos chineses. "Isso é bullying unilateral que essencialmente nega aos mercados emergentes e aos países em desenvolvimento o direito a uma vida melhor para os seus povos."

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "China diz que limitações dos EUA à indústria de semicondutores chinesa é bullying econômico"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!