Economia

China: autoridades encontram investidores para acalmar mercado após regulações

Da Redação ·

A China agiu para aliviar as preocupações dos investidores sobre a repressão às empresas listadas em bolsa nos Estados Unidos e novas regulações nos setores de tecnologia e educação. As autoridades do país asiático disseram a empresas financeiras globais que Pequim vai considerar o impacto no mercado antes de introduzir políticas futuras, disseram pessoas familiarizadas com o assunto.

continua após publicidade

O vice-presidente da Comissão Reguladora de Valores da China, Fang Xinghai, falou com representantes de bancos globais, incluindo Goldman Sachs e UBS, bem como algumas firmas de investimento na noite desta quarta-feira, de acordo com as fontes. O presidente do órgão que regula valores mobiliários, Yi Huiman, também esteve presente na reunião a portas fechadas em Pequim.

Após o encontro, e com uma série de artigos otimistas na mídia estatal, as ações de tecnologia chinesas listadas em Nova York e Hong Kong saltaram, ajudando a puxar os mercados mais amplos para cima e recuperando algumas de suas recentes quedas acentuadas.

continua após publicidade

Fang disse aos presentes na reunião que as recentes repressões regulatórias da China contra empresas envolvidas em aulas particulares, serviços financeiros online e outros setores visam resolver os problemas dessas indústrias e ajudá-las a crescer de maneira adequada, disseram as fontes. Ele garantiu que a China não tem intenção de se separar dos mercados globais, e especialmente dos EUA. Fonte: Dow Jones Newswires.