Cautela no exterior após Fed prejudica Ibovespa, que ainda mira fiscal interno - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Economia

Cautela no exterior após Fed prejudica Ibovespa, que ainda mira fiscal interno

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O Ibovespa dá continuidade à queda registrada na quarta-feira, 16, no fechamento, quando caiu 0,62%, abandonando a marca psicológica dos 100 mil pontos (99.675,68 pontos) e acompanhando o tom negativo no exterior. Investidores avaliam o desfecho das reuniões de política monetária no Brasil, nos EUA, no Japão e na Inglaterra, mas sobretudo o tom de alguns comunicados, em especial o do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos). Além disso, segue preocupando com o rumo do fiscal no Brasil, depois que o Copom manteve sua avaliação sobre o assunto, enquanto o mercado vê risco maior especialmente no momento de aceleração da inflação mensal. Às 10h56, o Ibovespa cedia 0,51%, aos 99.166,77 pontos.

"A decisão do Fed veio como o esperado, mas o mercado queria mais, como mais estímulos. Talvez o Fed tenha avaliado que agora não seja a hora de novos incentivos. Lembrou que a atividade econômica está melhorando", avalia o CEO da Omninvest, Roberto Attuch Jr. "Mas Powell presidente do Fed, Jerome Powell claramente deu seu recado em relação ao impasse de um novo pacote fiscal nos EUA", avalia Attuch.

A queda nas bolsas europeias e dos EUA reflete o grau de incerteza em relação ao ritmo de retomada econômica norte-americana, reforçada ontem por Powell. Embora tenha mantido o juro, como amplamente esperado, e ressaltado que a economia está reagindo de forma mais rápida, ponderou que ainda há dúvida sobre essa dinâmica. Além disso, o índice de construções de moradias iniciadas nos Estados Unidos caiu 5,1% em agosto ante julho, ante previsão de queda de 3,1%. Já os pedidos de auxílio-desemprego da semana anterior foram revisados de 884 mil a 893 mil.

"Foi um Fed bastante dovish, que deve manter o juro no atual nível pelo menos até 2023 e inflação projetada por ele só chegando em 2,00% nesse período 2023. Em contrapartida, o tom da fala de Powell preocupou o mercado que pode não estar vendo algo que o Fed esteja enxergando. Hoje, os mercados estão um pouco de ressaca", analisa Thomás Gibertoni, especialista de investimentos Portofino.

Em relação ao Copom, Gilbertoni acredita que a sinalização é de Selic em 2,00% ao ano por um bom tempo. Contudo, ele pondera que o Banco Central (BC) "não fechou a porta para uma nova queda, mas também não a trancou". Segundo ele, a manutenção da visão do BC sobre o fiscal no texto pode gerar incômodo, já que o mercado entende que há possibilidade desse quadro tem se agravado, diante das idas e vindas nos debates sobre o assunto.

Depois de enterrar o Renda Brasil, decisão que ocasionou novos atritos no governo, o presidente Jair Bolsonaro deu sinal verde ao senador Marcio Bittar (MDB-AC), relator do Orçamento de 2021 e do Pacto Federativo, para debate de um novo programa social. "Aqui, o pessoal fica batendo cabeça com relação ao Renda Brasil. Um dia tem, outro não. Isso não é bom pra confiança", afirma Attuch Jr.

A despeito da expectativa de queda na B3, há alguns sinais que podem animar, já que avanço na agenda de privatização é bastante aguardado no mercado. O ministro das Comunicações, Fábio Faria, afirmou nesta quarta que cinco empresas já manifestaram interesse na aquisição dos Correios, citando quatro delas: Magazine Luiza, DHL, FedEx e Amazon. De acordo com ele, o processo de privatização dos Correios está na "ordem do dia" e ocorrerá na gestão de Jair Bolsonaro. Em contrapartida, o petróleo cai no exterior e o minério de ferro fechou em baixa de 1,48%, a US$ 122,36 a tonelada, no porto chinês de Qindgao, empurrando Vale e Petrobras para baixo.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Cautela no exterior após Fed prejudica Ibovespa, que ainda mira fiscal interno"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.