Economia

Canadá proíbe transações com BC russo e congela ativos de fundos soberanos

Da Redação ·

O Canadá anunciou nesta segunda-feira, 28, uma nova rodada de sanções contra a economia da Rússia, seguindo medidas similares impostas pelos Estados Unidos e por outros parceiros do Grupo dos Sete (G7), em resposta à invasão militar da Ucrânia ordenada pelo Kremlin. De acordo com os bloqueios, instituições financeiras canadenses estão proibidas de negociar ativos com o Banco Central russo e fundos soberanos do país.

continua após publicidade

Os fundos ainda tiveram seus ativos no Canadá congelados.

"O Canadá e seus aliados continuam a tomar medidas conjuntas para garantir que a invasão da Ucrânia pela Rússia seja um fracasso estratégico", declarou a vice-primeira-ministra e ministra das Finanças do país, Chrystia Freeland.

continua após publicidade

Segundo a nota do governo canadense, a escala das medidas contra o BC russo é inédita entre autoridades monetárias de países do Grupo dos Vinte (G20).

Em adição às sanções, o Canadá destacou que tem aumentado o suporte financeiro à Ucrânia, incluindo treinamento militar no país, até US$ 620 milhões em empréstimos and repasse de quase US$ 10 milhões em equipamento e munição militares.