MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Campos Neto: Ambiente tem favorecido o Brasil e 2023 foi ano melhor que esperado

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou que o ambiente global tem favorecido o Brasil e que 2023 está sendo um ano melhor do que o esperado, mas que há desafios para o próximo ano. "Estamos em um ambiente que tem favorecido o Brasil, 2

Fernanda Trisotto (via Agência Estado)

·
Escrito por Fernanda Trisotto (via Agência Estado)
Publicado em 05.12.2023, 14:43:00 Editado em 05.12.2023, 20:07:32
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou que o ambiente global tem favorecido o Brasil e que 2023 está sendo um ano melhor do que o esperado, mas que há desafios para o próximo ano. "Estamos em um ambiente que tem favorecido o Brasil, 2023 foi um ano bem melhor do que o esperado. Lembrando que tínhamos projeção de crescimento de 0,5%. Ouvi várias vezes que crédito ia colapsar, os juros fariam empresas quebrar, desemprego iria explodir. não aconteceu nada disso, ao contrário", afirmou durante almoço na Frente Parlamentar do Empreendedorismo (FPE).

continua após publicidade

Campos Neto destacou que na política monetária nem sempre o patamar dos juros em si é o mais importante, mas a credibilidade que ele gera, para a tomada de decisões futuras. "Entendemos que o processo de inflação não está ganho, mas se encaminha conforme o esperado", disse.

Ele ponderou que a expectativa fiscal ainda está desancorada e na monetária, a inflação futura levemente acima da meta. "É importante fazer o dever de casa, apesar uma mensagem de consolidação fiscal, de que trabalhamos juntos, monetário e fiscal", disse.

continua após publicidade

Reiterou que 2023 foi um ano melhor que esperado, mas que 2024 terá desafios. "É difícil cortar gastos, mas tem que ter sinalização fiscal de equilíbrio", falou sobre as ações já encaminhadas pelo governo e ainda em tramitação no Congresso.

Do ponto de vista do BC, ele disse que é importante entender que o processo de melhora está em curso, mas 2024 terá grandes desafios.

Mais cedo, Campos Neto fez uma explanação sobre o cenário externo e pontuou que a pandemia sincronizou ciclos de crescimento dos países, que exigiram remédios para as políticas fiscal e monetária. Ele ponderou que os gastos do mundo desenvolvido com a pandemia foram maiores que dos emergentes e pobres e que em algum momento essa conta será cobrada.

Ele destacou que países como o Brasil, que iniciaram o processo contracionista mais cedo, já têm o benefício de redução dos juros, o que ainda não está ocorrendo no mundo desenvolvido. "A taxa de desinflação está em curso, mas é lenta, o que deixará taxa de juros dos países desenvolvidos mais alta", pontuou.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Campos Neto: Ambiente tem favorecido o Brasil e 2023 foi ano melhor que esperado"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!