Mais lidas

    Economia

    Economia

    Cade aprova aquisição do controle da Tempest pela Embraer

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 05.08.2020, 13:36:00 Editado em 05.08.2020, 13:43:36
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a aquisição do controle unitário da Tempest Serviços de Informática, e suas controladas, pela Embraer, conforme despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU).

    A Embraer já tinha participação indireta na empresa desde 2016 por meio do Fundo de Investimento em Participações Aeroespacial (FIP Aeroespacial), ao lado de BNDES, Finep e Agência de Desenvolvimento Paulista (Desenvolve SP).

    A operação é composta de dois atos, conforme explica parecer do Cade: no primeiro ato, a Embraer realizará um investimento na Tempest, por meio da subscrição e integralização de novas ações ordinárias, e adquirirá, diretamente dos acionistas pessoas físicas ações ordinárias de emissão da Tempest; e no segundo ato, a Embraer adquirirá ações da Tempest diretamente do FIP Aeroespacial.

    Quando do anúncio do negócio, em julho, a Embraer disse que a Tempest, fundada em 2000 no Recife, é a maior empresa especializada em cibersegurança do Brasil, com 300 funcionários e escritórios também em São Paulo e Londres, com cerca de 300 clientes no Brasil, na América Latina e na Europa.

    "Esta parceria é um marco para a Tempest, e estamos muito entusiasmados com os próximos passos. A robustez da Embraer vai nos ajudar a expandir essa missão para novos mercados", afirmou na ocasião por meio de nota Cristiano Lincoln Mattos, CEO e sócio-fundador da Tempest, citando que o Brasil é o segundo do mundo com maior índice de cibercrimes, atrás apenas da Rússia, de modo que as empresas brasileiras perdem até US$ 10 bilhões por ano em crimes virtuais. A empresa seguirá de forma autônoma, mantendo marca e equipe.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Cade aprova aquisição do controle da Tempest pela Embraer"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.