Mais lidas
Ver todos

    Economia

    Bruno Funchal assumirá Tesouro em 31 de julho, diz Ministério da Economia

    Escrito por Da Redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    O economista Bruno Funchal vai assumir o cargo de secretário do Tesouro Nacional em 31 de julho, confirmou no período da tarde desta segunda-feira, 15, o Ministério da Economia. O jornalista de O Estado de S. Paulo José Fucs antecipou mais cedo que Funchal havia sido o escolhido para substituir Mansueto Almeida, que anunciou estar deixando o cargo.

    Em nota, a pasta comunicou que iniciou o transição do comando, ocupado desde abril de 2018 por Mansueto Almeida.

    Funchal é bacharel pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e doutor em Economia pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), com pós-doutorado pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA). É professor titular da FUCAPE Business School e foi pesquisador visitante na Universidade da Pensilvânia.

    Em 2017 e 2018, Funchal foi Secretário de Fazenda do Espírito Santo e atuou como um dos responsáveis pelo processo de ajuste das contas estaduais.

    Na nota, o Ministério da Economia destacou que ele estava no cargo quando o Estado foi "o único que recebeu nota A" na classificação de risco do Tesouro Nacional.

    Desde o início do governo Jair Bolsonaro, o futuro secretário do Tesouro integra a equipe da Secretaria Especial de Fazenda como diretor de programa e "trabalha pelo ajuste fiscal do País", diz a nota. Ele foi um dos técnicos responsáveis para elaboração do projeto do Pacto Federativo.

    "O Ministério da Economia agradece a Mansueto Almeida pelo compromisso com a equipe que chegou com o novo governo e por todo trabalho realizado à frente do Tesouro Nacional em prol do reequilíbrio das contas do País", diz o comunicado.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Apucarana realiza quase 4 mil exames de covid-19

    Deixe seu comentário sobre: "Bruno Funchal assumirá Tesouro em 31 de julho, diz Ministério da Economia"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.