Economia

Bolsonaro e Putin destacaram necessidade de seguir cooperação no agronegócio

Da Redação ·

Publicada pelo Itamaraty logo após as falas dos presidentes Jair Bolsonaro e Vladimir Putin no Kremlin, a declaração oficial da agenda afirma que os dois líderes destacaram a necessidade de se manter a cooperação no setor do agronegócio. O encontro aconteceu em meio à crise dos fertilizantes, com a Rússia apertando a oferta do insumo essencial para as lavouras brasileiras.

continua após publicidade

O texto não cita a assinatura de qualquer acordo bilateral no setor, mas diz que Bolsonaro e Putin constataram "com satisfação o aumento do fornecimento de fertilizantes russos ao Brasil".

A declaração oficial repete pontos citados pelos dois líderes em seus discursos e diz que a reunião entre eles "transcorreu em atmosfera de cordialidade e confiança mútua".

continua após publicidade

De acordo com a nota, os presidentes querem diversificação da pauta do comércio bilateral, com maior participação de mercadorias de alto valor agregado. "As partes reafirmaram o compromisso de cooperar para o equilíbrio da balança comercial", diz o texto. Hoje, a balança comercial entre as partes é deficitária para o Brasil.

"Os Chefes de Estado sublinharam a determinação de fortalecer a parceria estratégica, ampliar o diálogo político e elevar o relacionamento bilateral, com base nos princípios compartilhados de respeito à soberania, ao direito internacional e ao Estado de Direito", segue a nota.