Economia

Bolsonaro diz que Petrobras 'com toda certeza' vai reduzir preço dos combustíveis

Da Redação ·

Após renovar críticas à Petrobras por ter anunciado o reajuste dos combustíveis antes da aprovação, pelo Congresso, das mudanças no ICMS sobre diesel e gás de cozinha, o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que a estatal "com toda a certeza" vai reduzir o preço dos produtos diante da queda na cotação de petróleo no mercado internacional.

continua após publicidade

"Estamos tendo notícias de que, nos últimos dias, o preço do petróleo lá fora tem caído bastante. A gente espera que a Petrobras acompanhe a queda de preço lá fora. Com toda certeza fará isso daí", afirmou o chefe do Executivo em evento no Palácio do Planalto. "Espero que a nossa querida Petrobras, que teve muita sensibilidade ao não nos dar um dia de prazo, retorne aos níveis da semana passada os preços dos combustíveis no Brasil", acrescentou, em tom de ironia sobre a postura da empresa.

Com a popularidade afetada pela alta dos combustíveis, Bolsonaro voltou a dizer que a responsabilidade pelo reajuste é da Petrobras, e não do governo, e a criticar a empresa. "Se a Petrobras tivesse esperado o PLP 11, teríamos aumento apenas de R$ 0,30, não de R$ 0,90 no litro do diesel", disparou o presidente.

continua após publicidade

Ainda de acordo com Bolsonaro, a queda na cotação do petróleo no exterior, que baliza os preços da Petrobras, sinaliza "normalidade no mundo". "Essa guerra na Rússia e Ucrânia tem influenciado a nossa economia", reconheceu.