Economia

Bolsonaro diz que não fará 'qualquer aventura' na economia e nega furar teto

Da Redação ·

O presidente Jair Bolsonaro (PL) negou nesta quarta-feira, 16, que o governo federal esteja tentando furar o teto de gastos. "Não temos por que fazer qualquer aventura (na economia), depois de 3 anos", afirmou, em entrevista à Radio Jovem Pan.

continua após publicidade

A fala do chefe do Executivo é uma resposta a críticas feitas por especialistas e por setores do mercado financeiro de que a gestão estaria abandonando o discurso de austeridade fiscal. A avaliação é de que o Executivo tem patrocinado projetos de lei que autorizam o governo a gastar, como a PEC dos Precatórios. O objetivo seria impulsionar a reeleição de Bolsonaro, em segundo lugar nas pesquisas.

Ao falar sobre as realizações da gestão, o presidente colocou na sua conta medidas tomadas pelo Banco Central, que hoje tem autonomia em relação ao Executivo. Bolsonaro elencou o Pix e o Sistema Valores a Receber, que devolve a clientes dinheiro esquecido em bancos, como ações de governo.

continua após publicidade

O presidente também falou sobre a tragédia das chuvas em Petrópolis (RJ), que deixaram ao menos 94 pessoas mortas. Ele anunciou que vai editar uma Medida Provisória para liberar recursos ao município. Os detalhes devem ser anunciados pelo governo nos próximos dias.