Economia

Bolsas de NY fecham sem sinal único, com expectativa por balanços

Gabriel Bueno da Costa (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Os mercados acionários de Nova York registraram queda em boa parte desta segunda-feira, 25, mas uma melhora na reta final garantiu quadro misto. Na expectativa por uma semana de balanços de companhias importantes, entre elas gigantes do setor de tecnologia, as bolsas abriram em alta, mas logo passaram ao território negativo, em sessão volátil.

continua após publicidade

O índice Dow Jones fechou em alta de 0,28%, em 31.990,04 pontos, o S&P 500 avançou 0,13%, a 3.966,84 pontos, e o Nasdaq recuou 0,43%, a 11.782,67 pontos.

O setor de energia liderou os ganhos, em jornada positiva para o petróleo. A ação da Chevron fechou em alta de 2,98% e ExxonMobil subiu 3,33%. Já alguns papéis de tecnologia e serviços de comunicação caíram, pressionando o Nasdaq. Antes de balanços nesta semana, Apple caiu 0,74%, Amazon recuou 1,05% e Alphabet (Google) teve baixa de 0,36%. Entre outras ações em foco, Tesla registrou queda de 1,40%, após a fabricante de veículos elétricos informar que registrou uma baixa contábil de US$ 170 milhões, referentes a investimentos em bitcoin.

continua após publicidade

Havia expectativa ainda nos mercados pela decisão de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), nesta quarta-feira. Antes da aguardada alta de juros, que segundo os mercados deve ser de 75 pontos-base, o setor financeiro exibiu ganhos em geral: Citigroup subiu 0,48%, JPMorgan avançou 0,40% e Bank of America, 0,90%.