Bolsas de NY fecham em sem direção única, com melhora na reta final - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Economia

Bolsas de NY fecham em sem direção única, com melhora na reta final

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

As bolsas de Nova York fecharam sem sinal único, ganhando força nos minutos finais, mesmo após o fracasso das negociações entre democratas e republicanos por uma nova rodada de estímulos fiscais nos Estados Unidos. O relatório de emprego americano melhor que o esperado pelo mercado, com criação de 1,763 milhão de postos de trabalho, ajudou a apoiar o quadro, mas houve também cautela, diante do avanço das tensões comerciais entre Washington e Pequim.

O índice Dow Jones encerrou em alta de 0,17%, a 27.433,48 pontos, com alta semanal de 0,02%. O S&P 500 subiu 0,06% hoje, a 3.351,28 pontos, com ganho de 2,45% na semana. O Nasdaq caiu 0,87%, a 11.010,98 pontos, com alta de 2,47% na comparação semanal.

As ações de tecnologia e serviços de comunicação figuraram entre os destaques negativos em geral, com Apple em queda de 2,27%, acompanhado por Amazon (-1,78%), Microsoft (-1,79%) e Alphabet (-0,44%). Na contramão da maioria, Facebook subiu 1,19%. Já o setor financeiro se saiu bem, liderando as altas, com JPMorgan em alta de 2,20%, Citigroup de 2,42% e Bank of America, de 2,51%.

Ontem à noite, o presidente americano, Donald Trump, assinou decreto executivo para determinar que empresas americanas interrompam transações com as chinesas Tencent e ByteDance - controladoras dos aplicativos WeChat e TikTok, respectivamente - em 45 dias. Na prática, a medida proíbe as operações das plataformas nos EUA a partir do fim desse período. Pela manhã, a Casa Branca anunciou uma série de sanções contra autoridades de Hong Kong e do Partido Comunista Chinês por conta da repressão a dissidentes políticos no território.

Além das tensões entre as duas maiores economias do planeta, pesaram também sobre os negócios as dificuldades de lideranças políticas em Washington de chegar a um acordo sobre um novo pacote de ajuda. Após reunião nesta tarde, líderes democratas disseram que o impasse prosseguia, pedindo que o governo do presidente Donald Trump esteja disposto a gastar mais, diante do choque da pandemia.

Em relatório, a LPL Financial destaca que a semana foi positiva para os mercados acionários, em meio a alguns dados "encorajadores" e balanços "bem recebidos", que ajudaram algumas ações, com os setores de tecnologia, serviços de comunicação e industrial liderando os ganhos semanais. O Wells Fargo, por sua vez, afirma em outro relatório que, apesar do aumento dos casos da covid-19 em julho nos EUA, o setor de serviços mostrou uma "força inesperada", evidenciada nos dados desta semana.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Bolsas de NY fecham em sem direção única, com melhora na reta final"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.