Economia

Bolsas de NY fecham em alta; movimentos especulativos ficam no radar

Da Redação ·

As bolsas de Nova York fecharam em alta nesta quarta-feira, em recuperação após fechar com baixas na terça. Em sessão volátil e sem publicação de indicadores relevantes, o cenário corporativo chamou atenção. Um dos principais temas foi o retorno de movimentos especulativos de investidores de varejo, que levaram ações como GameStop e AMC a subir mais de 10%.

continua após publicidade

O índice Dow Jones avançou 0,03%, em 34.323,05 pontos, o S&P 500 subiu 0,19%, a 4.195,99 pontos, e o Nasdaq teve alta de 0,59%, a 13.738,00 pontos.

A alta ocorre depois de os índices terem recuado na terça com a divulgação de indicadores nos Estados Unidos que sugeriram impacto da pressão de preços recente na retomada econômica. Há, de certa forma, um compasso de espera por dados de inflação dos EUA que sairão na sexta-feira.

continua após publicidade

Único dirigente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) a discursar nesta quarta, Randal Quarles afirmou que se a economia cumprir as expectativas nos próximos meses, o debate sobre a redução gradual do programa de relaxamento quantitativo (QE, na sigla em inglês) poderia começar.

Entre as empresas, o retorno de movimentos especulativos chamou a atenção. Gamestop (+15,82%) e AMC Entertainment (+18,76%) dispararam, ambas que no começo do ano foram pivô de movimentos liderados por investidores do varejo para causar perdas em grandes fundos de hedge. No fórum WallStreetBets, da plataforma Reddit, usuários seguem mencionando as empresas. Estudo da consultoria de análise financeira Ortex, citado pela Reuters, estima que os prejuízos desses fundos foi de US$ 754 milhões apenas na terça. "É isso que o 'exército Reddit' espera", afirmou Peter Hillerberg, cofundador da empresa.

Nesta quarta, ocorreu ainda audiência do presidente da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês), Gary Gensler, no Congresso. Também testemunharam no parlamento americano dirigentes de grandes bancos. Entre os questionamentos dos senadores, estiveram temas como mudanças climáticas, o papel dos bancos na recuperação, as relações com acionistas e cultura organizacional. As ações de Goldman Sachs (+0,79%) e Morgan Stanley (+0,55%) tiveram ganhos.

continua após publicidade

A votação para o conselho da ExxonMobil ganhou destaque, com ativistas críticos da estratégia da empresa, focada em combustíveis fósseis, ganhando espaço. Neste cenário, as ações subiram 1,22%. Já a concorrente Chevron teve alta de 0,30%.

Ainda tendo em vista questões climáticas, a Ford anunciou a previsão de que 40% de suas vendas globais sejam de veículos elétricos a bateria em 2030, à medida que a empresa intensifica investimentos na área. As ações da montadora dispararam 8,51%. Já Amazon anunciou nesta quarta o fechamento de um acordo que prevê a compra do estúdio de MGM por US$ 8,45 bilhões. As ações da empresa subiram 0,19%.