Economia

Bolsas de NY fecham em alta, com mercado atento à ata do Fed

Gabriel Caldeira (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

As bolsas de Nova York terminaram o pregão desta quarta-feira em alta robusta, após investidores digerirem a ata da última reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano). O documento não surpreendeu o mercado ao reforçar a expectativa por altas de 50 pontos-base do juro em junho e julho.

continua após publicidade

O índice Dow Jones fechou em alta de 0,60%, aos 32.120,28 pontos, o S&P 500 avançou 0,95%, aos 3.978,73 pontos, e o Nasdaq teve ganhos de 1,51%, aos 11.434,74 pontos.

Além de solidificar a previsão de que o Fed subirá os juros em meio ponto porcentual em cada uma das duas próximas reuniões do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês), a Oanda afirma que a ata deu alguma esperança de que os dirigentes possam reavaliar o aperto monetário por conta da provável desaceleração econômica nos EUA no segundo semestre.

continua após publicidade

"A ata do Fomc já envelheceu em mais de três semanas, mas deu um vislumbre de esperança de que os dirigentes poderiam ajustar sua postura de aperto monetário" mais perto do fim do ano, diz a casa.

O documento divulgado nesta quarta destaca que os dirigentes avaliaram que o aperto agressivo atual os deixará em "boa posição" para avaliar os efeitos das decisões ao longo do ano.

A atual postura dura do Fed foi reforçada por falas da vice-presidente do BC, Lael Brainard, que caracterizou a inflação elevada como o "desafio mais urgente" neste momento.

continua após publicidade

Entre ações de destaque, o Snap disparou 10,79% nesta quarta, após ter tombado 40% ontem na esteira de alerta da empresa sobre inflação. Movimento similar foi visto na ação do Pinterest, que avançou 9,41%, após queda vertiginosa ontem. Outros papéis do setor de tecnologia, como Tesla (+4,77%) e Amazon (+2,57%), também tiveram altas fortes.

O setor de energia também marcou alguns dos principais ganhos do dia, com as petroleiras Chevron e ExxonMobil subindo cerca de 2%. No mercado futuro, o petróleo fechou em alta nesta quarta.

Já ações de varejistas mostraram recuperação após o tombo recente por conta de balanços de empresas do setor que decepcionaram investidores. Segundo medição da CNBC, o setor foi o que mais subiu nesta quarta no S&P 500, em alta conjunta de 2,78%.