Economia

Bolsas da Europa fecham na maioria em baixa, após ganhos recentes

Gabriel Bueno da Costa (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Os mercados acionários da Europa registraram sessão em geral negativa, com ajustes após ganhos da semana passada. Frankfurt liderou as perdas, mas em Londres o quadro foi de volatilidade, com fechamento estável. Algumas ações do setor de energia estiveram sob pressão, enquanto investidores aguardavam indicadores e balanços de empresas americanas no restante da semana.

continua após publicidade

O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em baixa de 0,50% nesta segunda-feira, 11, em 415,02 pontos.

Na agenda de indicadores, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) divulgou seu índice de indicadores antecedentes para junho, que mostrou perda do impulso no crescimento na maioria das grandes economias do grupo, inclusive na zona do euro. A inflação é apontada como causa importante para esse fenômeno.

continua após publicidade

Na avaliação da Oxford Economics, os preços de serviços na zona do euro devem continuar a subir com força, no verão local, conforme esse setor se recupera. Isso deve ser visto pelo Banco Central Europeu (BCE) como uma validação para conduzir uma série de altas de juros já sinalizada, diz a consultoria, que espera altas somadas de 150 pontos-base até o fim de 2022.

Também na política monetária, o presidente do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), Andrew Bailey, afirmou hoje que os mercados mais importantes do Reino Unido continuam a funcionar e o sistema bancário é resistência, sem causar preocupação ao BC britânico.

Hoje, os mercados acionários da região mostraram pouco fôlego, após ganhos na semana passada. Há ainda expectativas por indicadores e pelo início da temporada de balanços dos EUA.

continua após publicidade

Na Bolsa de Londres, o índice FTSE 100 fechou estável, em 7.196,59 pontos. Na política do Reino Unido, já há 11 candidatos ao cargo de líder do Partido Conservador, e, consequentemente, premiê do país, após Boris Johnson anunciar que deixará o cargo. A ação da BP recuou 0,50% nesta segunda, e entre os bancos Barclays (-0,63%) e Lloyds (-0,44%) também caíram).

Em Frankfurt, o índice DAX registrou queda de 1,40%, a 12.832,44 pontos. Entre os papéis mais negociados, Deutsche Bank caiu 4,02% e TUI teve recuo de 4,88%.

Na Bolsa de Paris, o índice CAC 40 fechou em baixa de 0,61%, a 5.996,30 pontos.

continua após publicidade

O índice FTSE MIB, da Bolsa de Milão, caiu 0,95%, a 21.567,70 pontos.

Em Madri, o índice Ibex 35 caiu 0,43%, a 8.065,20 pontos. Já em Lisboa, o índice PSI 20 subiu 0,09%, a 6.001,00 pontos.