Economia

Bolsas da Europa fecham na maioria em alta, com foco em balanços positivos

Da Redação ·

As principais bolsas europeias fecharam majoritariamente em alta nesta terça-feira. Os investidores estiveram atentos à publicação de resultados trimestrais de grandes empresas da região. O avanço se deu em meio a um pregão volátil nos mercados internacionais. Hoje, os operadores também monitoraram o índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) da zona do euro, que voltou a mostrar ritmo forte no último mês, mas abaixo do esperado por analistas.

continua após publicidade

O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em alta de 0,20%, a 465,38 pontos.

De acordo com o CMC Markets, o avanço de 0,34%, a 7.105,72 pontos, do índice londrino FTSE 100 se deu, especialmente, graças ao desempenho da British Petrol, a BP. A petroleira fechou o pregão com alta de 5,78%, após registrar lucro líquido de US$ 3,12 bilhões no segundo trimestre, acima do esperado pelo mercado, e elevar dividendos.

continua após publicidade

"Os mercados europeus tiveram dificuldades para ter uma direção única no dia de hoje, com o DAX tendo uma baixa performance amplamente por conta da queda liderada pelas ações da BMW, que alertou sobre as perspectivas devido a preocupações com a cadeia de suprimentos e escassez de chips", dizem os analistas. A BMW encerrou a sessão com queda de 5,04%, puxando o índice de Frankfurt para uma baixa de 0,09%, a 15.555,08 pontos.

Ao reverterem seus prejuízos e registrarem lucros nos semestres mais recentes, o Société Générale (+6,37%) e o Stellantis (+4,23%) contribuíram para alta nos índices acionários locais. O CAC 40, em Paris, subiu 0,72%, a 6.723,81 pontos, e o FTSE MIB, em Milão, avançou 0,02%, aos 25.356,15 pontos.

Em relação aos dados macroeconômicos, o PPI na zona do euro subiu 1,4% em junho ante maio. Apesar do avanço ter sido considerado forte, ainda ficou abaixo do esperado por analistas consultados pelo Wall Street Journal.

Nas praças ibéricas, o PSI 20, de Lisboa, teve alta de 1,22%, a 5.123,67 pontos, enquanto o Ibex 35, de Madri, subiu 0,16%, a 8.772,80 pontos.