MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Bolsas da Europa fecham em queda; setor bancário da Itália cai mais de 5%

As bolsas da Europa fecharam em queda nesta terça-feira, 8, com Milão e Frankfurt caindo mais que os pares, motivadas por um imposto surpresa da Itália sobre os lucros do setor bancário e pela resiliência inflacionária na Alemanha. Em Londres, o FTSE 100,

Gabriel Tassi Lara* (via Agência Estado)

·
Escrito por Gabriel Tassi Lara* (via Agência Estado)
Publicado em 08.08.2023, 13:46:00 Editado em 08.08.2023, 13:49:51
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

As bolsas da Europa fecharam em queda nesta terça-feira, 8, com Milão e Frankfurt caindo mais que os pares, motivadas por um imposto surpresa da Itália sobre os lucros do setor bancário e pela resiliência inflacionária na Alemanha.

continua após publicidade

Em Londres, o FTSE 100, caiu 0,36% a 7.527,42 pontos, enquanto o índice DAX, em Frankfurt, fechou recuando 1,10%, a 15.774,93 pontos. O CAC 40, em Paris, perdeu 0,69%, a 7.269,47 pontos, e o FTSE MIB, em Milão, fechou em queda 2,12%, a 27.942,25 pontos.

Já em Madri, o índice Ibex 35 caiu 0,73%, a 9.293,10 pontos. Na Bolsa de Lisboa, o PSI 20 perdeu 0,08%, a 6.035,66 pontos. As cotações são preliminares.

continua após publicidade

O governo italiano anunciou na segunda-feira, 7, após o fechamento dos mercados que cobrará um imposto de 40% sobre os lucros excedentes de 2023 do setor bancário do país.

Segundo o BMO, o "imposto surpresa" vai gerar US$ 2,2 bilhões ao país. Os bancos italianos Intesa Sanpaolo e UniCredit acumularam perdas de 8,54% e 5,72%, respectivamente, e puxaram o índice FTSE MIB para baixo.

Na Alemanha, o índice de preços ao consumidor (CPI) desacelerou a 6,2% em julho, mas sinaliza uma reação lenta na contenção da alta de preços na maior economia da Europa, afirmou a Pantheon.

continua após publicidade

Além disso, TSMC, Bosch, Infineon e NXP anunciaram nesta terça um investimento bilionário para instalar uma nova fábrica de semicondutores no país, administrada pela empresa de semicondutores taiwanesa.

Acionistas do Reino Unido se debruçaram nesta terça sobre os resultados trimestrais da mineradora Glencore, que acumulou uma das maiores perdas do pregão no FTSE 100 e recuou 2,59% depois dos retornos aos acionistas ficarem aquém das expectativas do mercado. Segundo analistas da Quilter, a queda foi motivada sobretudo pelos preços de commodities mais baixos no trimestre.

*Com informações da Dow Jones Newswires

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Bolsas da Europa fecham em queda; setor bancário da Itália cai mais de 5%"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!