Economia

Bolsas da Europa fecham em queda, com ajustes, dados e balanços no radar

Da Redação ·

Os mercados acionários da Europa tiveram sessão negativa, nesta sexta-feira, 28. A realização de lucros pode ter influenciado, após três dias seguidos de ganhos, mas também houve foco em indicadores da região e em balanços corporativos, enquanto seguiam no radar as tensões envolvendo a Rússia contra países da Europa e os Estados Unidos.

continua após publicidade

O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em baixa de 1,02%, em 465,55 pontos, com recuo de 1,87% na comparação semanal.

Na agenda de indicadores, o índice de sentimento econômico da zona do euro recuou a 112,7 em janeiro, na mínima em nove meses, segundo a Comissão Europeia. Analistas previam 114 pontos. A Pantheon ainda considerou que a desaceleração regional não deve significar perda de fôlego da inflação, no atual contexto.

continua após publicidade

Já o Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha encolheu 0,7% no quarto trimestre de 2021 ante o terceiro, ante expectativa de queda de 0,5% dos analistas. Para o ING, o país pode enfrentar recessão no início deste ano, mas deve ter recuperação mais forte adiante. O PIB da França cresceu 0,7% na mesma comparação, acima do esperado, e a Espanha registrou avanço de 2,0%.

Além disso, balanços concentraram atenções. Unicredit registrou prejuízo acima do previsto no quarto trimestre e a ação recuou 0,19% na Bolsa de Milão. Nesta praça, o índice FTSE MIB fechou em baixa de 1,18%, em 26.565,41 pontos. Na semana, houve recuo de 1,83% no índice de referência italiano.

Em Londres, o índice FTSE 100 fechou em queda de 1,17%, em 7.466,07 pontos. Na comparação semanal, ele recuou 0,37%.

continua após publicidade

Na Bolsa de Frankfurt, o índice DAX caiu 1,32%, a 15.318,95 pontos, com perda semanal de 1,83%. Em Paris, o índice CAC 40 recuou 0,82%, para 6.965,88 pontos. Na semana, o índice da praça francesa teve queda de 1,45%.

Em Madri, o índice IBEX 35 registrou baixa de 1,10%, a 8.609,80 pontos, com perda de 0,98% na comparação semanal.

Na Bolsa de Lisboa, o índice PSI 20 teve queda de 0,72%, a 5.521,86 pontos, perdendo 1,09% na semana.