Bolsas da Europa fecham em baixa com temor de avanço da covid-19 e restrições - TNOnline
Mais lidas

    Economia

    Economia

    Bolsas da Europa fecham em baixa com temor de avanço da covid-19 e restrições

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 30.12.2020, 14:35:00 Editado em 30.12.2020, 14:40:27
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    As bolsas da Europa fecharam o penúltimo pregão do ano em baixa, em meio ao aumento do temor com o avanço da covid-19. O Reino Unido decidiu expandir para mais regiões as restrições à circulação de pessoas anunciadas recentemente, para tentar conter a disseminação da nova variante do coronavírus. A cautela superou o otimismo com o avanço da ratificação do pacto pós-Brexit no Parlamento britânico e a conclusão de um acordo de investimentos entre a União Europeia e a China.

    O índice pan-europeu Stoxx 600 recuou 0,34%, a 400,25 pontos, à medida que a liquidez se reduz e os investidores ajustam os portfólios antes do Ano Novo.

    O FTSE 100, por sua vez, caiu 0,71% em Londres, a 6.555,82 pontos. No Reino Unido, o governo decidiu expandir o fechamento do comércio não essencial para mais regiões do país, em uma tentativa de conter a nova variante do coronavírus, que se espalha 70% mais rápido. O temor com a escalada da pandemia no curto prazo superou o otimismo com a autorização do governo britânico para o uso emergencial da vacina de covid-19 produzida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford.

    "Vamos continuar tendo esse 'puxa-empurra', vacina versus vírus, política versus economia, por um tempo ainda", afirma Altaf Kassam, chefe de estratégia de investimento da State Street Global Advisors na Europa.

    No Parlamento do Reino Unido, o acordo comercial pós-Brexit foi aprovado por ampla margem na Câmara dos Comuns e segue agora para a Câmara dos Lordes. Nesta quarta, o pacto também foi assinado formalmente pelos líderes de Bruxelas e de Londres. O Parlamento Europeu já aprovou provisoriamente o acordo e deve fazer uma análise mais completa em janeiro.

    O bloco comum, por sua vez, concluiu as negociações de um acordo de investimentos com a China. O texto prevê acesso a mercados e compromissos ambientais. A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, disse que o mundo pós-pandemia precisará de uma "relação forte" entre Bruxelas e Pequim para "avançar melhor".

    O presidente do país asiático, Xi Jinping, por sua vez, afirmou que o pacto demonstra a determinação da China em aumentar a abertura econômica.

    Em Paris, o CAC 40 fechou em baixa de 0,22%, aos 5.599,41 pontos, puxado pelos papéis da Airbus (-1,96%).

    O índice FTSE MIB, da Bolsa de Milão, por sua vez, caiu 0,12%, a 22.232,90 pontos, na mínima do dia.

    Em Frankfurt, o índice DAX recuou 0,31%, para 13.718,78 pontos. As ações da Allianz perderam 0,68% e as da BMW recuaram 0,60%.

    Já em Madri, o Ibex 35 registrou queda de 0,22%, a 8.154,40 pontos. As ações do Liberbank caíram 3,69%, após o banco anunciar uma fusão com o Unicaja.

    E em Lisboa, o índice PSI 20 teve perda de 0,20%, a 4.921,78 pontos.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Bolsas da Europa fecham em baixa com temor de avanço da covid-19 e restrições"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.