Bolsas da Europa fecham em alta, mas incertezas com covid e Brexit estão no radar - TNOnline
Mais lidas

    Economia

    Economia

    Bolsas da Europa fecham em alta, mas incertezas com covid e Brexit estão no radar

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 22.12.2020, 14:13:00 Editado em 22.12.2020, 17:31:38
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    As bolsas da Europa recuperaram parte das perdas de ontem e fecharam o pregão desta terça-feira, 22, em alta, alimentada pelo pacote fiscal aprovado na segunda-feira nos EUA sem, no entanto, tirar de foco os fatores que lançam incerteza sobre o futuro econômico da região. O índice pan-europeu Stoxx 600 encerrou o dia em alta de 1,18%, aos 391,25 pontos.

    O avanço da covid-19 na Europa e o impasse em torno do acordo pós-Brexit continuam no centro das atenções dos investidores. Após mais de 40 países anunciarem restrições de viagem ao Reino Unido, em resposta ao surgimento de uma nova cepa de coronavírus ainda mais transmissível, hoje a Comissão Europeia instruiu os países do bloco a suspender as proibições, a fim de garantir viagens essenciais e evitar interrupções na cadeia de suprimentos.

    A recomendação acontece enquanto as negociações do Brexit continuam. Segundo o negociador da União Europeia, Michel Barnier, as discussões chegaram a um "momento crucial", com ambos os lados correndo contra o tempo para fechar um acordo antes que o Reino Unido deixe a UE, em 1º de janeiro.

    Em relatório divulgado hoje, o Fundo Monetário Internacional (FMI) avaliou que as medidas restritivas para conter a segunda onda de covid-19 na zona do euro devem pesar na atividade econômica no curto prazo. A entidade defendeu mais apoios monetário e fiscal para atenuar os impactos da crise e manter a trajetória de recuperação econômica. Pelas projeções do FMI, a economia da zona do euro de se contrair 8,3% neste ano e crescer 5,2% em 2021.

    Nesta manhã, o Escritório Nacional de Estatísticas (ONS, na sigla em inglês) do Reino Unido revisou para cima os dados do Produto Interno Bruto do terceiro trimestre, apontando expansão de 16% ante os três meses anteriores. Já na Alemanha, o índice de confiança do consumidor medido pelo Instituto GfK caiu de -6,8 pontos em dezembro para -7,3 pontos em janeiro.

    Em Londres, o índice FTSE 100 fechou em alta de 0,57%, aos 6453,16 pontos, acompanhado do DAX, da Bolsa de Frankfurt, que teve elevação de 1,30%, aos 13418,11 pontos. Na bolsa de Milão, o FTSE MIB subiu 2,03%, aos 21844,33 pontos, enquanto em Madri o Ibex 35 avançou 1,85%, para 7934,20 pontos e, em Lisboa, o PSI 20 ganhou 1,45%, aos 4726,08 pontos.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Bolsas da Europa fecham em alta, mas incertezas com covid e Brexit estão no radar"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.