Economia

Bolsas da Europa fecham em alta, com petroleiras e investimentos nos EUA

Da Redação ·

As bolsas da Europa avançaram nesta terça-feira, 10, com o setor de energia acompanhando a recuperação dos preços do petróleo no mercado futuro, à medida que investidores aguardavam pela aprovação do pacote bipartidário de investimentos em infraestrutura no Senado dos Estados Unidos. O clima de apetite por risco nos mercados europeus ofuscou a leitura abaixo do previsto do índice ZEW de sentimento econômico de agosto na Alemanha. Neste contexto, o índice pan-europeu Stoxx 600 terminou o dia em alta de 0,35%, aos 472,32 pontos.

continua após publicidade

Principal alta do dia, o índice de referência da bolsa londrina FTSE 100 avançou 0,40%, aos 7.161,04 pontos, impulsionado pela alta de 7,81% da Flutter Entertainment, holding de casas de apostas irlandesa que apresentou resultados corporativos melhores que o esperado no segundo trimestre.

Ações de petroleiras também subiram em Londres, apoiadas pela alta de cerca de 3% nos contratos do óleo, que se recuperam de fortes quedas recentes. Entre os destaques, a British Petroleum teve alta de 1,13%, seguida pela Royal Dutch Shell, que ganhou 0,48%. Ja em Madri, a Repsol subiu 1,08%, apoiando o avanço de 0,37%, aos 8.899,00 pontos, do IBEX 35.

continua após publicidade

Já no índice DAX, da bolsa de Frankfurt, ações de distribuidoras de energia, como a RWE (+1,00%) e a E.ON (+1,01%) ajudaram o mercado acionário alemão a superar a queda a 40,4 pontos do índice ZEW de sentimento econômico em agosto, cujo resultado esperado era de baixa a 57,5.

Segundo a High Frequency Economics, o mercado estima que o temor por uma possível nova onda de casos de covid-19 afetou a leitura do instituto, que também reportou alta a 29,3 pontos no indicador de condições atuais no mesmo mês.

A consultoria nota, no entanto, que os resultados não provocaram grande reação de investidores, que ficaram céticos após a produção industrial alemã desacelerar em junho ante maio, apesar da leitura positiva do ZEW no período. O DAX fechou a sessão em alta de 0,165, aos 15.770,71 pontos.

continua após publicidade

A busca do mercado europeu pela renda variável ocorreu diante da expectativa pela votação do plano de investimentos em infraestrutura de US$ 1,2 trilhão nos EUA, aprovado nesta terça no Senado norte-americano, após as bolsas do Velho Continente fecharem.

Entre outros índices acionários europeus, o CAC 40, de Paris, avançou 0,10%, aos 6.820,21, com a Arcellor Mittal (+3,11%) liderando os ganhos.

Já o PSI 20, de Lisboa, teve leve ganho de 0,02%, aos 5.153,07 pontos.