Economia

Bolsas da Ásia fecham na maioria em alta, mas Xangai fica praticamente estável

Da Redação ·

Os mercados acionários da Ásia não tiveram sinal único, nesta segunda-feira, 11, mas vários deles subiram. Em Xangai, porém, o quadro foi de estabilidade, enquanto na Coreia do Sul e em Taiwan feriados locais deixaram as bolsas locais sem operar.

continua após publicidade

Na Bolsa de Tóquio, o índice Nikkei fechou em alta de 1,60%, em 28.498,20 pontos. Investidores locais reagiram de modo positivo à declaração do novo primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida, de que ele não considera mudar o imposto sobre ganhos de capital local. A força do dólar frente ao iene também ajudou ações de exportadoras japonesas.

Na China, a Bolsa de Xangai fechou em baixa de 0,01%, em 3.591,71 pontos, e a de Shenzhen, de menor abrangência, recuou 0,43%, a 2.514,87 pontos. Os negócios locais continuam a oscilar dentro de uma faixa, com menos impulso em um período de feriados locais. Ações ligadas à energia estiveram sob pressão, com investidores preocupados com o custo elevado do carvão, apesar do esforço recente do governo de Pequim para garantir a oferta de carvão e apoiar aumento nas tarifas de eletricidade.

continua após publicidade

Em Hong Kong, o índice Hang Seng subiu 1,96%, para 25.325,09 pontos. Ações de tecnologia se destacaram, animadas com a perspectiva de retomada de diálogo bilateral sobre comércio entre Estados Unidos e China.

Na Oceania, o S&P/ASX 200 recuou 0,28% em Sydney, fechando em 7.299,80 pontos. Os setores de tecnologia e saúde e papéis ligados a jogos estiveram sob pressão, mas a bolsa australiana reduziu perdas ao longo do dia, com papéis de commodities em geral exibindo ganhos. Com informações da Dow Jones Newswires.