Economia

Bolsas da Ásia fecham mistas, com fortes perdas em Hong Kong e ganhos em Tóquio

Da Redação ·

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta terça-feira, 19, com a de Hong Kong pressionada por ações de tecnologia e a de Tóquio impulsionada pela fraqueza do iene.

continua após publicidade

Voltando do feriado de Páscoa, o Hang Seng liderou as perdas na Ásia hoje, com queda de 2,28% em Hong Kong, a 21.027,76 pontos. Na sexta-feira (15), autoridades chinesas baniram a transmissão em tempo real de videogames não autorizados, decisão que pesou em ações de empresas de tecnologia como Bilibili (-10,92%), Kuaishou Technology (-2,98%) e Alibaba (-4,19%).

Na China continental, as perdas foram marginais: o Xangai Composto caiu 0,05%, a 3.194,03 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto recuou 0,11%, a 2.020,28 pontos. Nesta segunda-feira, 18, o banco central chinês (PBoC) anunciou a expansão do apoio financeiro a empresas e indivíduos mais afetados pela atual onda de covid-19.

continua após publicidade

Por outro lado, o japonês Nikkei subiu 0,69% em Tóquio, a 26.985,09 pontos, à medida que o iene renovou mínimas em 20 anos frente ao dólar, enquanto o sul-coreano Kospi avançou 0,95% em Seul, a 2.718,89 pontos, e o Taiex registrou alta de 0,56% em Taiwan, a 16.993,40 pontos.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou no azul, sustentada por empresas de grande capitalização, ao retornar também do feriado de Páscoa. O S&P/ASX 200 avançou 0,56% em Sydney, a 7.565,20 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.