Economia

Bolsas da Ásia fecham mistas, à espera de provável novo aumento de juros nos EUA

Sergio Caldas (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única e com variações predominantemente modestas nesta quarta-feira, 27, à espera de um provável novo aumento de juros nos EUA em meio a pressões inflacionárias.

continua após publicidade

O índice acionário japonês Nikkei subiu 0,22% em Tóquio hoje, a 27.715,75 pontos, enquanto o sul-coreano Kospi garantiu ligeira alta de 0,11% em Seul, a 2.415,53 pontos, e o Taiex avançou 0,78% em Taiwan, a 14.921,59 pontos.

Por outro lado, o Hang Seng caiu 1,13% em Hong Kong, a 20.670,04 pontos, pressionado por ações ligadas a consumo. Já na China continental, o Xangai Composto teve baixa marginal de 0,05%, a 3.275,76 pontos, mas o menos abrangente Shenzhen Composto mostrou ganho de 0,33%, a 2.194,54 pontos.

continua após publicidade

A falta de ímpeto nos negócios da Ásia vem horas antes de o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) provavelmente anunciar mais uma agressiva alta de juros para lidar com a disparada da inflação nos EUA, que está no maior nível em cerca de quatro décadas. Analistas preveem que o Fed elevará seus juros básicos em mais 75 pontos-base.

Na Austrália, a bolsa australiana ficou no azul nesta quarta, sustentada por ações de grandes bancos domésticos. O S&P/ASX 200 avançou 0,23% em Sydney, a 6.823,20 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.