Economia

Bolsas da Ásia fecham majoritariamente em baixa, com foco em conflito na Ucrânia

Da Redação ·

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa nesta quarta-feira (2) à medida que forças russas intensificaram os ataques na Ucrânia, impulsionando o petróleo para mais de US$ 110 por barril. O índice japonês Nikkei caiu 1,68% em Tóquio hoje, a 26.393,03 pontos, enquanto o Hang Seng recuou 1,84% em Hong Kong, a 22.343,92 pontos, e o Taiex registrou modesta perda de 0,17% em Taiwan, a 17.867,60 pontos.

continua após publicidade

Na China continental, os mercados também ficaram no vermelho, influenciados principalmente por ações do setor petroquímico. O Xangai Composto teve baixa de 0,13%, a 3.484,19 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto recuou 0,56%, a 2.313,18 pontos.

Exceção na Ásia, o sul-coreano Kospi avançou 0,16% em Seul, a 2.703,52 pontos, mas após um dia de volatilidade.

continua após publicidade

O apetite por risco na região asiática segue comprometido pela ofensiva militar russa na Ucrânia, que ganhou força nesta terça-feira e fez as cotações do barril do petróleo saltarem para mais de US$ 110 durante a madrugada.

Na Oceania, a bolsa australiana driblou as preocupações com a guerra russo-ucraniana e terminou o pregão em alta, ajudada por ações de petrolíferas e sólidos dados de crescimento do país. O S&P/ASX 200 subiu 0,28% em Sydney, a 7.116,70 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.