Economia

Bolsas da Ásia fecham em forte baixa, com petróleo impulsionado por guerra

Da Redação ·

As bolsas asiáticas fecharam em forte baixa nesta segunda-feira, à medida que as cotações do petróleo dispararam em reação aos últimos desdobramentos da guerra russo-ucraniana. No domingo, o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, afirmou que Washington e seus aliados europeus estão considerando banir a importação de petróleo e de gás natural da Rússia. A declaração ajudou o petróleo tipo Brent a saltar para quase US$ 140 por barril durante a madrugada.

continua após publicidade

O índice Hang Seng liderou as perdas na Ásia nesta segunda, com tombo de 3,87% em Hong Kong, a 21.057,63 pontos, enquanto o japonês Nikkei caiu 2,94% em Tóquio, a 25.221,41 pontos, o sul-coreano Kospi recuou 2,29% em Seul, a 2.651,31 pontos, e o Taiex registrou queda de 3,15% em Taiwan, a 17.178,59 pontos.

Na China continental, o Xangai Composto caiu 2,17%, a 3.372,86 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composite apresentou baixa de 2,70%, a 2.203,41 pontos.

continua após publicidade

Em segundo plano diante do cenário geopolítico, os últimos dados da balança comercial chinesa superaram as expectativas no primeiro bimestre deste ano, mas mostraram significativa desaceleração em relação a dezembro.

Oceania

Na Oceania, as perdas na bolsa australiana foram mais contidas, uma vez que o salto do petróleo impulsionou ações do setor.

continua após publicidade

De qualquer forma, o índice S&P/ASX 200 recuou 1,02% em Sydney, a 7.038,60 pontos.

*Com informações da Dow Jones Newswires