Economia

Bolsas da Ásia fecham em baixa generalizada, após novo tombo em Wall Street

Da Redação ·

As bolsas asiáticas fecharam em baixa generalizada nesta quarta-feira, 9, com perdas da maioria das ações do setor de tecnologia, após Wall Street sofrer um novo tombo ontem num movimento conduzido pelo Nasdaq.

continua após publicidade

O índice acionário japonês Nikkei caiu 1,04% em Tóquio hoje, a 23.032,54 pontos, enquanto o sul-coreano Kospi recuou 1,09% em Seul, a 2.375,81 pontos, o Hang Seng cedeu 0,63% em Hong Kong, a 24.468,93 pontos, e o Taiex registrou queda de 0,43% em Taiwan, a 12.608,58 pontos.

Nesta terça-feira, as bolsas de Nova York tiveram um terceiro pregão consecutivo de baixas acentuadas, num movimento de correção desencadeado pelo Nasdaq, que é em boa parte composto por ações de tecnologia e se desvalorizou mais de 10% desde quinta-feira (3).

continua após publicidade

Na China continental, os mercados também sentiram o impacto de Wall Street. O Xangai Composto recuou 1,86%, a 3.254,63 pontos, encerrando o dia no menor nível desde o fim de julho, e o menos abrangente Shenzhen Composto teve baixa ainda mais expressiva, de 3,22%, a 2.175,77 pontos.

Dados oficiais chineses mostraram que a taxa anual de deflação ao produtor da segunda maior economia do mundo diminuiu de 2,4% em julho para 2% em agosto, como previam analistas. Já a taxa de inflação ao consumidor desacelerou de 2,7% para 2,4% no mesmo período, ficando um pouco abaixo do consenso de 2,5%.

Na Oceania, a bolsa australiana também ficou no vermelho, pressionada pelos setores petrolífero (-4,7%) e de tecnologia (-2,4%), após as cotações internacionais do petróleo sofrerem tombos de 5,3% a 7,6% ontem. O S&P/ASX 200 caiu 2,15% em Sydney, a 5.878,60 pontos, seu menor patamar desde 29 de junho. (Com informações da Dow Jones Newswires).