Economia

Bolsas da Ásia fecham em alta, seguindo Wall Street após ata do Fed

Sergio Caldas (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta quinta-feira, 7, seguindo Wall Street, que encerrou os negócios de quarta-feira em leve tom positivo após a última ata de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) não trazer novidades.

continua após publicidade

O índice acionário japonês Nikkei subiu 1,47% em Tóquio hoje, a 26.490,53 pontos, enquanto o Hang Seng avançou 0,26% em Hong Kong, a 21.643,58 pontos, o sul-coreano Kospi se valorizou 1,84% em Seul, a 2.334,27 pontos, e o Taiex garantiu alta mais expressiva em Taiwan, de 2,51%, a 14.336,27 pontos.

Na China continental, o Xangai Composto subiu 0,27%, a 3.364,40 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 0,93%, a 2.227,66 pontos, apesar de sinais de que surtos de covid-19 no país ainda não estão sob controle.

continua após publicidade

Ontem, as bolsas de Nova York tiveram modestos ganhos na esteira da ata do Fed, que reiterou a necessidade de mais aumentos de juros para conter a inflação nos EUA, que está nos maiores níveis em cerca de quatro décadas. No documento, o BC americano avaliou que uma alta de juros de 50 ou 75 pontos-base seria "apropriada" na reunião deste mês.

Nas últimas semanas, porém, os mercados financeiros globais vêm operando pressionados por temores de que o aperto monetário do Fed eventualmente leve os EUA a uma recessão.

Na Oceania, a bolsa australiana também ficou no azul nesta quinta, com alta de 0,81% do S&P/ASX 200 em Sydney, a 6.648,00 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.