MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Bolsas da Ásia fecham em alta, com ganhos em NY, Yellen e Tankan

As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta segunda-feira, 3, após ganhos em Wall Street, novos sinais de reaproximação de China e EUA e um avanço na confiança do setor manufatureiro japonês.Na China continental, o Xangai Composto subiu 1,31%, a 3.243,98 p

Sergio Caldas (via Agência Estado)

·
Escrito por Sergio Caldas (via Agência Estado)
Publicado em 03.07.2023, 07:04:00 Editado em 03.07.2023, 07:10:26
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta segunda-feira, 3, após ganhos em Wall Street, novos sinais de reaproximação de China e EUA e um avanço na confiança do setor manufatureiro japonês.

continua após publicidade

Na China continental, o Xangai Composto subiu 1,31%, a 3.243,98 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 0,53%, a 2.060,13 pontos, após anúncio de que a secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, viajará ao gigante asiático na quinta-feira (6), em um momento de tensões bilaterais por questões comerciais, tecnológicas e relacionadas ao status de Taiwan.

Já em Tóquio, o Nikkei teve alta de 1,70%, a 33.753,33 pontos, renovando máxima em 33 anos, após pesquisa do Banco do Japão (BoJ), conhecida como Tankan, mostrar que o sentimento de grandes fabricantes do Japão melhorou pela primeira vez em sete trimestres.

continua após publicidade

Em outras partes da Ásia, o Hang Seng teve ganho de 2,06% em Hong Kong, a 19.306,59 pontos, impulsionado por ações de tecnologia, enquanto o sul-coreano Kospi avançou 1,49% em Seul, a 2.602,47 pontos, e o Taiex subiu 1% em Taiwan, a 17.084,20 pontos.

O bom humor na região asiática também veio após as bolsas de Nova York encerrarem o pregão de sexta-feira (30) em tom positivo, reagindo a novos sinais de desaceleração da inflação nos EUA, o que pode levar o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) a ser mais comedido em futuros aumentos de juros.

O apetite por risco deixou em segundo plano os últimos dados de atividade industrial, que evidenciaram a fragilidade da manufatura da Ásia. Na China, o PMI industrial medido pela S&P Global/Caixin recuou a 50,5 em junho, se aproximando da barreira de 50 que indica estagnação, enquanto o do Japão caiu a 49,8 no mês passado, sinalizando contração no setor.

Na Oceania, a bolsa australiana também ficou no azul, à espera da decisão de juros do RBA, o BC local, na terça-feira (4). O S&P/ASX 200 garantiu alta de 0,59% em Sydney, a 7.246,10 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Bolsas da Ásia fecham em alta, com ganhos em NY, Yellen e Tankan"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!