Economia

Bolsas da Ásia fecham em alta, após recuperação de NY e tombo do petróleo

Da Redação ·

As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta quinta-feira, 10, à medida que Wall Street se recuperou com vigor e os preços do petróleo sofreram um tombo ontem, em meio a sinais de que a Ucrânia quer uma solução diplomática para o conflito com a Rússia.

continua após publicidade

O índice japonês Nikkei liderou os ganhos na Ásia hoje, com um salto de 3,94% em Tóquio, o maior desde junho de 2020, a 25.690,40 pontos. Em Seul, o Kospi avançou 2,21%, a 2.680,32 pontos, depois de não operar na quarta-feira devido à eleição presidencial da Coreia do Sul, que foi vencida pelo oposicionista conservador Yoon Suk-yeol. Já o Hang Seng teve alta de 1,27% em Hong Kong, a 20.890,26 pontos, e o Taiex registrou expressivo ganho de 2,46% em Taiwan, a 17.433,20 pontos.

Na China continental, o Xangai Composto subiu 1,22%, a 3.296,09 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 2,12%, a 2.160,94 pontos.

continua após publicidade

O apetite por risco voltou à região asiática após as bolsas de Nova York fecharem em sólida alta e os preços do petróleo sofrerem queda de mais de 10%, ontem, diante de sinalização de que a Ucrânia está disposta a fazer concessões para encerrar a guerra com os russos.

Na Oceania, a bolsa australiana seguiu o tom positivo generalizado, e o S&P/ASX 200 avançou 1,10% em Sydney, a 7.130,80 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.