Economia

Bolsas da Ásia fecham em alta, após modesta recuperação de NY

Da Redação ·

As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta sexta-feira, 8, acompanhando a modesta recuperação de Wall Street ontem, apesar de preocupações com a perspectiva de aperto monetário nos EUA e com o andamento da guerra na Ucrânia.

continua após publicidade

O índice acionário japonês Nikkei subiu 0,36% em Tóquio hoje, a 26.985,80 pontos, enquanto o chinês Xangai Composto avançou 0,47%, a 3.251,85 pontos, o Hang Seng se valorizou 0,29% em Hong Kong, a 21.872,01 pontos, o sul-coreano Kospi teve alta de 0,17% em Seul, a 2.700,39 pontos, e o Taiex registrou ganho de 0,62% em Taiwan, a 17.284,54 pontos.

Exceção na Ásia, o também chinês Shenzhen Composto, que reúne empresas de menor valor de mercado, caiu 0,32%, a 2.080,77 pontos.

continua após publicidade

O apetite por risco predominou na região asiática após as bolsas de Nova York encerrarem os negócios de ontem com pequenos ganhos, esboçando uma reação após dois dias de quedas.

Investidores, porém, seguem cautelosos após o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) dar claros sinais de que pretende retirar estímulos monetários em ritmo mais forte para combater a persistência da inflação nos próximos meses, fator que manteve as ações em Wall Street pressionadas ao longo da semana.

Além disso, os desdobramentos da guerra entre russos e ucranianos permanecem no radar. Nesta quinta-feira, a Rússia foi suspensa do órgão de direitos humanos da ONU, após sofrer uma série de novas sanções sob a acusação de ter cometido crimes de guerra na Ucrânia.

Na Oceania, a bolsa australiana também ficou no azul hoje. O S&P/ASX 200 avançou 0,47% em Sydney, a 7.478,00 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.