MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

BNDES suspende pagamento de empréstimos do Aeroporto Salgado Filho, no RS, por 12 meses

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou a suspensão temporária do pagamentos de empréstimos pela Fraport, concessionária responsável pelo Aeroporto Internacional de Porto Alegre (Salgado Filho). A interrupção de 12 meses já

Elisa Calmon (via Agência Estado)

·
Escrito por Elisa Calmon (via Agência Estado)
Publicado em 12.06.2024, 13:04:00 Editado em 12.06.2024, 13:11:12
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou a suspensão temporária do pagamentos de empréstimos pela Fraport, concessionária responsável pelo Aeroporto Internacional de Porto Alegre (Salgado Filho). A interrupção de 12 meses já poderá valer a partir da parcela de junho. Durante o período, não haverá cobrança de valores adicionais e o cliente não será considerado inadimplente financeiro.

continua após publicidade

A iniciativa foi aprovada por meio do Programa de Suspensão de Pagamentos para Operações de Empresas e Produtores Rurais do Rio Grande do Sul.

O Salgado Filho está fechado desde 3 de maio após ser impactado pelas fortes chuvas que atingiram o estado gaúcho. A recuperação custará R$ 1 bilhão e a previsão é que ele volte a operar em dezembro, segundo a Fraport.

continua após publicidade

Em 2018, o BNDES aprovou financiamento de R$ 1,25 bilhão à Fraport Brasil para ampliação, modernização e manutenção da infraestrutura do Aeroporto Salgado Filho. Com prazo de 20 anos na modalidade Project Finance, o apoio correspondeu a mais de 60% do total de R$ 1,6 bilhão investido.

O banco aprovou também liberação de todo o saldo existente em conta reserva - separada para despesas com o empréstimo. No entanto, ela deve ser recomposta proporcionalmente pelos 12 meses subsequentes ao término do período, contado a partir da última parcela suspensa.

RSC-287

continua após publicidade

Outra operação beneficiada pela suspensão do pagamento da dívida foi a Rodovia Rota de Santa Maria (RSC-287), que sofreu danos estruturais severos com as enchentes, sendo interditada em vários trechos.

Com 204,5 km de extensão, a rodovia, administrada pela empresa Rota de Santa Maria, sob o regime de concessão, liga os municípios de Tabaí a Santa Maria.

O BNDES aprovou a alteração da data de vencimento (de 15/12/46 para 15/12/47) das debêntures emitidas pela concessionária Rota de Santa Maria. Em junho de 2023, com a subscrição de 100% por parte do banco em oferta pública de debêntures, foram captados R$ 250 milhões.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "BNDES suspende pagamento de empréstimos do Aeroporto Salgado Filho, no RS, por 12 meses"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!