BK Brasil tem prejuízo líquido de R$ 105,9 mi no 3º trimestre - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Economia

BK Brasil tem prejuízo líquido de R$ 105,9 mi no 3º trimestre

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O BK Brasil, operador dos restaurantes Burger King e Popeye's no Brasil, divulgou nesta quinta-feira, 5, seu balanço referente ao terceiro trimestre de 2020 e apresentou prejuízo líquido de R$ 105,9 milhões no período entre julho e setembro, revertendo lucro de R$ 5,4 milhões apresentados um ano antes. A empresa afirma que suas operações ainda foram impactadas pela pandemia do novo coronavírus no período.

O Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) do trimestre foi negativo em R$ 16,9 milhões, revertendo a marca positiva de R$ 103,5 milhões vista em 2019. A margem Ebitda foi de -2,1% no período. Em termos ajustados, o Ebitda foi negativo em R$ 11,4 milhões, contra R$ 115 milhões positivos vistos entre julho e setembro do ano anterior.

A receita operacional líquida do BK Brasil no terceiro trimestre de 2020 foi de R$ 522,3 milhões, marca 27,8% menor que o apurado um ano antes, mas crescimento de 78,4% sobre o segundo trimestre deste ano. A empresa diz que chegou em setembro com 100% das suas lojas operacionais e que viu uma "trajetória consistente e ascendente de vendas" durante o período. As vendas mesmas lojas (SSS, na sigla em inglês) tiveram queda de 27,3% no trimestre, impactadas pelo fechamento das lojas.

As vendas digitais do BK Brasil, representadas por delivery, totens e BK Express, atingiram 22,7% da receita total da empresa, contra 5,2% apurado um ano antes, com receita de R$ 136,3 milhões. Na comparação com o segundo trimestre deste ano, as vendas digitais cresceram 27,3%. Somente em delivery, as receitas somaram R$ 120,1 milhões, 210,1% maior que em 2019.

O BK Brasil chega ao fim de setembro com 900 restaurantes em funcionamento, crescimento de 60 lojas na comparação com o ano anterior. Ao longo do trimestre, a empresa realizou o fechamento líquido de nove lojas, sendo 11 aberturas (6 BK próprios, 3 BK franqueados e 2 Popeye's) e 20 fechamentos (19 operações próprias e 1 franquia).

O endividamento líquido do BK Brasil foi de R$ 466,6 milhões ao fim do terceiro trimestre, com caixa disponível de R$ 471,3 milhões. O fluxo de caixa operacional da empresa foi de R$ 18,3 milhões negativos, R$ 127 milhões acima do visto um ano antes, em razão do declínio do resultado operacional, impactado pela retração das vendas em decorrência do fechamento de lojas pela covid-19.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "BK Brasil tem prejuízo líquido de R$ 105,9 mi no 3º trimestre"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.