Economia

BCE/inflação: expectativas seguem contidas na zona do euro, mas podem desancorar

André Marinho (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Integrante do Conselho do Banco Central Europeu (BCE), Isabel Schnabel avalia que a política monetária tem ajudado a conter as expectativas de inflação na zona do euro, mas não descarta o risco de desancoragem. A análise foi feita durante evento na Alemanha neste sábado, 2, de acordo com apresentação divulgada no site da instituição.

continua após publicidade

Schnabel explica que o choque nos preços de energia é o principal responsável pela recente escalada inflacionária na região, embora as pressões tenham ficado mais generalizadas entre os setores nos últimos meses. Segundo ela, os mercados passaram a esperar um aperto monetário mais agressivo do BCE por conta desse movimento.

A dirigente acrescentou que as projeções econômicas do BC europeu indicam que a inflação começará a desacelerar nos próximos meses, mas reconheceu que essas previsões têm alto histórico de erros. No entendimento dela, ainda não há evidências de espiral inflacionária na zona do euro. Ainda assim, o risco de que isso ocorra ainda existem, disse.