Mais lidas

    Economia

    Economia

    BCE: riscos de retirada precoce de estímulos são maiores do que os de mantê-los

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 14.04.2021, 07:51:00 Editado em 14.04.2021, 07:55:50
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Luis de Guindos, disse nesta quarta-feira (14) que os riscos de se retirar os atuais estímulos monetários de forma prematura são maiores do que os de mantê-los em vigor. Desde o ano passado, o BCE tomou uma série de agressivas iniciativas para proteger a economia da zona do euro dos efeitos da pandemia de covid-19, incluindo cortes de juros e compras de ativos. Guindos, que discursou ao Parlamento Europeu para apresentar o relatório anual do BCE referente a 2020, reiterou também que a instituição está pronta para ajustar todos os seus instrumentos de política monetária, conforme for apropriado.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "BCE: riscos de retirada precoce de estímulos são maiores do que os de mantê-los"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.