Economia

BC: IBC-BR sobe 1,08% em março ante fevereiro, com ajuste

Thaís Barcellos e Eduardo Rodrigues (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) subiu 1,08% em março ante fevereiro, na série com ajuste sazonal. O resultado ainda não havia sido divulgado devido à greve dos servidores do Banco Central, que começou no dia 1º de abril e foi encerrada na última terça-feira, 5. Esse resultado de março já considera a revisão realizada após a apuração do dado de abril (-0,44%).

continua após publicidade

O dado de maio veio um pouco acima da mediana das estimativas do mercado financeiro, positiva em 1,00%, na pesquisa Projeções Broadcast, e dentro do intervalo das previsões, que iam de queda de 0,40% a alta de 1,70%.

Quanto aos resultados anteriores, o índice de fevereiro passou de +0,34% para +0,71%, já o de janeiro variou de -0,73% para -0,43%. O dado de dezembro foi revisado de +0,32% para +0,58%, enquanto o indicador de novembro passou de +0,45% para +0,87%.

continua após publicidade

O resultado de outubro foi revisado de +0,05% para +0,36%. No caso de setembro, o índice foi de -0,57% para -0,27%. Conhecido como uma espécie de "prévia do BC para o PIB", o IBC-Br serve mais precisamente como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses.