Economia

Ásia e Pacífico: bolsas fecham mistas; perdas em NY pesam em ações de tecnologia

Da Redação ·

As bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam sem direção única nesta terça-feira, 5, mas várias delas foram pressionadas pelas perdas de Wall Street ontem.

continua após publicidade

Em Tóquio, o índice japonês Nikkei caiu 2,19%, a 27.822,12 pontos, enquanto o sul-coreano Kospi voltou de um feriado com queda de 1,89%, a 2.962,17 pontos, seu menor nível em sete meses. Já na Oceania, o australiano S&P/ASX 200 recuou 0,41% em Sydney, a 7.248,40 pontos.

Na segunda-feira, as bolsas de Nova York tiveram perdas robustas, lideradas por gigantes de tecnologia que compõem o índice Nasdaq. As baixas desta terça nos mercados do Japão, da Coreia do Sul e da Austrália também foram encabeçadas por ações de tecnologia.

continua após publicidade

Algumas bolsas asiáticas, no entanto, ficaram no azul.

Em Hong Kong, o Hang Seng subiu 0,28% hoje, a 24.104,15 pontos, graças a petrolíferas como a PetroChina, cuja ação saltou 7,59%, atingindo o maior nível desde janeiro de 2020, em meio a um forte avanço nos preços do petróleo. Já empresas do setor imobiliário tiveram acentuadas perdas em Hong Kong, após a Fantasia Holdings não honrar o pagamento de um bônus em dólar. Negócios com ações locais da Evergrande, a endividada gigante do setor imobiliário chinês que enfrenta uma grave crise de liquidez, seguem suspensas.

Em Taiwan, o Taiex também garantiu alta moderada nesta terça, de 0,32%, a 16.460,75 pontos.

continua após publicidade

Na China continental, os mercados seguem fechados em razão do feriado da Semana Dourada.

Na começo da madrugada, o banco central australiano (RBA) manteve seu juro básico na mínima histórica de 0,10%, como se previa. (Com informações da Dow Jones Newswires).